A exposição Blood Red Luxury, de autoria do fotógrafo Luís Godinho, apresenta uma seleção de fotografias que resultam da reportagem fotográfica realizada nas Minas de Thatha, no norte de Moçambique, em 2018. As fotografias, de grande qualidade estética, retratam a vivência da comunidade de Mahera na exploração das minas de pedras semipreciosas de Ganet (Granada). Esta realidade impactante, incómoda e terrível, denuncia as condições de trabalho desumanas de homens, mulheres, adolescentes e crianças, criando um imediato envolvimento emocional.

Luís Godinho, nascido em Angra do Heroísmo em 1983 e licenciado em Engenharia e Gestão Ambiental pela Universidade dos Açores, possui já um vasto currículo como fotógrafo, principalmente dedicado à fotografia urbana e documental. É fotógrafo profissional desde 2017. O seu trabalho é reconhecido internacionalmente pelos editores de relevantes websites e revistas da especialidade, nomeadamente a National Geographic, Leica Fotografie International, Lens Culture, 500 px e 1x. Vive atualmente em Portugal, no Arquipélago dos Açores. Trabalha como fotógrafo freelancer por todo o mundo.


Website: https://www.luisgodinho.com/ 
Instagram: https://www.instagram.com/luisgodinhophoto/ 
Facebook: https://www.facebook.com/luis.godinho.photo



Prémios

2019
-
Representante da Seleção Nacional de Portugal no World Photographic Cup, na categoria de Retrato.
- Finalista do concurso Travel Photographer of the Year.
- Menção honrosa na categoria People, Children - International Photography Awards.
- Menção honrosa categoria Sports, Other - International Photography Awards.
- Menção honrosa categoria People, Lifestyle - International Photography Awards.
- Menção honrosa categoria People, Street Photography - International Photography Awards.
- Menção honrosa categoria Editorial / Press, Contemporary Issues - International Photography Awards.
- Terceiro lugar na categoria Editorial / Press, Sports - International Photography Awards.
– Terceiro lugar categoria Sport, POY - Picture of the Year Latam.
– Primeiro lugar categoria Documentário do prémio ASPA - Alghero Street Photography Awards.
– Câmara de Prata na categoria Reportagem/Fotojornalismo, como European Photoghrapher of the Year 2019 pela FEP - Federation of European Photographers.
- Top 15 na categoria de Storytelling (Narrativa/Histórias) da competição Malta International Photo Award.
- Top 15 na categoria Pessoas da competição Malta International Photo Award.

2018
– Finalista do concurso Travel Photographer of the Year.
- Finalista do concurso The Independent Photographer Street Photography.
– Primeiro lugar no concurso Top 10 Black and White Photo.
– Finalista do concurso mundial da Travel Photographer Society na categoria de Fotografia Urbana.
– Representante da Seleção Nacional de Portugal no World Photographic Cup, na categoria de Fotojornalismo.

2017
– Duas fotografias finalistas, uma delas exposta na prestigiada Somerset House em Londres, por ocasião da reconhecida competição mundial Sony Photography Awards.
– Primeiro lugar no Sony Photography Awards Portugal.

2016 / 2017
- 25 menções de excelência em categorias da competição da Leica I Shot it the Best Photo Competition.

2016
– Primeiro lugar na competição da Leica I Shot it the Best Photo Competition, na categoria Gatos.
– Nomeado para a lista Top Excellence da Leica.
– Capa do livro Visions, editado por 1x.
2015
– Finalista do Lens Culture Portrait Awards 2015.
2010
– Primeiro lugar no concurso Paisagens de Portugal, da revista O Mundo da Fotografia.