O seu navegador necessita de suporte Javascript para esta funcionalidade. National Museum of Costume - Informações úteis
20 de Outubro de 2017
Utilize as teclas de atalho Alt+2 para navegar para a área de pesquisa do sítio web.
Utilize as teclas de atalho Alt+1 para navegar para a área de conteúdos do sítio web.

Informações úteis

  • Diretora: Clara Vaz Pinto

    Morada:
    Largo Júlio de Castilho - Lumiar
    1600 - 483 LISBOA
    Telefone (351) 217 567 620 / 217 543 920
    E-Mail mntraje@mntraje.dgpc.pt

    Coordenadas de GPS:
    Latitude: 38.775585
    Longitude: -9.164994

    Transportes:
    Autocarros: nº 703, 717, 736, 796 (Aconselha-se a verificação)
    Metro: Estação do Lumiar (Linha Amarela)
    A estação de metropolitano do Lumiar fica a cerca de cinco minutos a pé. Aconselha-se a consulta dos mapas da zona existentes na estação, pois a sinalética exterior de direção apenas se encontra a partir da Avª Padre Cruz.

    Como chegar ao Museu através do Metro de Lisboa - clique aqui 
    Imagem de como chegar ao museu através do Metro de Lisboa

    Horário:
    Museu e Parque Botânico
    3ª feira : 14h00 - 18h00
    4ª feira a Domingo: 10h00 - 18h00 (última entrada às 17h30)
    Encerrado à 2ª feira (dia) e 3ª feira (manhã)
    Encerrados ao público todo o dia: 1 de Janeiro; Domingo de Páscoa, 1 de Maio, Feriado Municipal (13 de Junho), 25 de Dezembro

    Ingresso:
    Bilhete Normal : € 4,00 (Museu); € 3,00 (Parque).
    Bilhete Conjunto: € 6,00 (Museu Nac. Traje, Museu Nac. Teatro e da Dança, Parque Botânico Monteiro-Mor);

    Descontos:
    50% Cartão Jovem;
    50% Cartão de estudante não enquadrado em visita de estudo;
    50% Visitantes com idade igual ou superior a 65 anos*;
    50% Bilhete de Família (2 adultos+ 2 filhos);

    Isenções:
    - Entrada gratuita aos domingos e feriados até às 14h00 para todos os cidadãos residentes no território nacional*
    - Crianças e jovens até aos 12 anos inclusive*
    - Visitantes em situação de desemprego residentes na União Europeia*
    - Visitantes com mobilidade reduzida (> 60%) e 1 acompanhante*
    - Membros do ICOM, ICOMOS e APOM*
    - Profissionais do turismo no desempenho das suas funções, mediante apresentação de registo do RNAAT
    - Todos os grupos escolares no âmbito de visita de estudo prevenientes de estabelecimentos de ensino reconhecidos pelo Ministério da Educação têm entrada e visita guiada gratuita mediante marcação prévia*
    - Grupos credenciados de Instituições Portuguesas de Solidariedade Social ou de Áreas de Ação Social de Autarquias ou outras de Instituições de Interesse Público com comprovada carência económica*
    - Membros das Associações Culturais, exclusivamente para os grupos de amigos de museus, monumentos, palácios, castelos e sítios arqueológicos*
    - Jornalistas em exercício de funções**
    - Investigadores, conservadores, restauradores, profissionais de museologia e/ou património em exercício de funções*
    - Voluntários em exercício na Direção Geral do Património Cultural e 1 acompanhante*
    - Funcionários do Direção Geral do Património Cultural* e 3 acompanhantes.

    * mediante documento comprovativo
    ** mediante comunicação prévia e necessitam de comprovação documental da autorização

    Acessibilidade na zona envolvente:
    O piso do Largo Júlio de Castilho apresenta calçada de pedra rolada, bastante irregular.

    Acessibilidade na propriedade:
    O piso, no exterior, é de saibro. Nos pátios, apresenta também calçada de pedra rolada, bastante irregular.
    No Palácio Angeja-Palmela existe um elevador de acesso ao Piso 1.
    No parque, a configuração do terreno em vários socalcos e desníveis, levou à existência de várias escadas de acesso.

    Há possibilidades alternativas de acesso para visitantes com necessidades motoras especiais, por favor informe-se previamente na loja/bilheteira.

    Estacionamento:
    O Largo Júlio de Castilho tem um espaço de estacionamento bastante limitado. Contudo, se avançar um pouco mais na Estrada do Lumiar, até junto da Igreja de São João Baptista, aí encontra mais espaço para estacionar. É o melhor local para os autocarros enquanto aguardam o regresso dos grupos.

    Normas de visita:
    - Não é permitido fumar no interior do Museu e no Parque.
    - Não é permitido tirar fotografias com flash ou tripé, ou filmar no interior do Museu e no Parque, salvo autorização prévia.
    - Não é permitido subir aos estrados expositivos ou tocar nas peças expostas.
    - Os telemóveis têm de estar em modo de silêncio durante as visitas guiadas.
    - A circulação no percurso visitável deverá fazer-se de forma ordeira e calma respeitando a qualidade de visita dos outros visitantes.
    - As mochilas e outros volumes devem ser entregues na entrada no início da visita e recolhidas logo após a conclusão da mesma.
    - O consumo de bebidas ou comida só é possível no pátio principal e nas zonas dos prados do Parque do Museu Nacional do Traje.
    - No Parque é proibida a circulação de crianças sem o acompanhamento de adultos, devendo estes tomar especiais precauções de forma a acautelar acidentes que decorram de quedas no terreno e lagos.
    - No Parque não é permitido pisar canteiros e relvados, jogar à bola, subir às árvores e circular para além das áreas de gravilha.
    - Para qualquer ocorrência, os responsáveis do grupo deverão recorrer de imediato ao pessoal do Museu Nacional do Traje.



    Consulte os regulamentos em vigor: 
    - Despacho nº 8356/2014 - Regulamento de utilização de espaços nos serviços dependentes e imóveis afetos à Direção-Geral do Património Cultural
    - Despacho nº 10946/2014 - Regulamento de utilização de imagens de museus, monumentos e outros imóveis afetos a Direção-Geral do Património Cultural 



  • Recomende este sítio web