O seu navegador necessita de suporte Javascript para esta funcionalidade. Museu Nacional do Traje - Informações úteis
18 de Outubro de 2019
Utilize as teclas de atalho Alt+2 para navegar para a área de pesquisa do sítio web.
Utilize as teclas de atalho Alt+1 para navegar para a área de conteúdos do sítio web.

Informações úteis

  • Diretor: José Carlos Alvarez

    Morada:
    Largo Júlio de Castilho - Lumiar
    1600 - 483 LISBOA
    Telefone (351) 217 567 620 / 217 543 920
    E-Mail mntraje@mntraje.dgpc.pt

    Coordenadas de GPS:
    Latitude: 38.775585
    Longitude: -9.164994

    Transportes:
    Autocarros: nº 703, 717, 736, 796 (Aconselha-se a verificação)
    Metro: Estação do Lumiar (Linha Amarela)
    A estação de metropolitano do Lumiar fica a cerca de sete minutos a pé. Aconselha-se a consulta dos mapas da zona existentes na estação, pois a sinalética exterior de direção apenas se encontra a partir da Avª Padre Cruz.

    Como chegar ao Museu através do Metro de Lisboa - clique aqui 
    Imagem de como chegar ao museu através do Metro de Lisboa

    Horário:
    Museu e Parque Botânico:  3ª feira a domingo  | 10h00 - 18h00
    (última entrada aconselhada - Museu 17h30 | Parque 17h00)
    Encerrado ao público:  2ª feira,  1 de janeiro, domingo de Páscoa, 1 de maio, feriado municipal (13 de Junho), 24 e 25 de dezembro

    Ingresso:
    Bilhete Normal : € 4,00 (Museu); € 3,00 (Parque).
    Bilhete Conjunto: € 6,00 (Museu Nac. Traje, Museu Nac. Teatro e da Dança, Parque Botânico Monteiro-Mor);

    Descontos:
    50% Cartão Jovem;
    50% Cartão de estudante não enquadrado em visita de estudo;
    50% Visitantes com idade igual ou superior a 65 anos*;
    50% Bilhete de Família (2 adultos+ 2 filhos);

    Isenções:
    - Entrada gratuita aos domingos e feriados até às 14h00 para residentes em Portugal*
    - Crianças e jovens até aos 12 anos inclusive*
    - Visitantes em situação de desemprego residentes na União Europeia*
    - Visitantes com deficiência ( 60%) e 1 acompanhante*
    - Membros do ICOM, ICOMOS e APOM*
    - Profissionais de atividade turística mediante apresentação de registo no RNAAT
    - Professores e alunos de qualquer grau de ensino incluindo Universidades Sénior ou de 3ª Idade, quando comprovadamente em visita de estudo e mediante marcação prévia confirmada*
    - Grupos credenciados de Instituições Portuguesas de Solidariedade Social ou de Áreas de Ação Social de Autarquias ou outras de Instituições de Interesse Público com comprovada carência económica*
    - Membros das Associações Culturais, exclusivamente para os grupos de amigos de museus, monumentos, palácios, castelos e sítios arqueológicos*
    - Jornalistas em exercício de funções**
    - Investigadores, conservadores, restauradores, profissionais de museologia e/ou património em exercício de funções*
    - Voluntários em exercício na Direção Geral do Património Cultural e 1 acompanhante*
    - Trabalhadores da Direção Geral do Património Cultural* e 3 acompanhantes*
    - Trabalhadores da Secretaria-Geral da Presidência do Conselho de Ministros*
    - Todos os cidadãos residentes em território nacional que perfaçam 18 anos em 2018, beneficiam de ingresso gratuito nos museus, palácios e teatros nacionais, bem como nos demais equipamentos ou atividades assegurados pelos serviços e organismos sob direção, superintendência e tutela do Ministro da Cultura, de acordo com a respetiva disponibilidade. Válido até 16 de abril de 2019***

    * mediante documento comprovativo
    ** mediante comunicação prévia e necessitam de comprovação documental da autorização
    *** Despacho nº 3883-A/2018

    Acessibilidade na zona envolvente:
    O piso do Largo Júlio de Castilho apresenta calçada de pedra rolada, bastante irregular.

    Acessibilidade na propriedade:
    O piso, no exterior, é de saibro. Nos pátios, apresenta também calçada de pedra rolada, bastante irregular.
    No Palácio Angeja-Palmela existe um elevador de acesso ao Piso 1.
    No parque, a configuração do terreno em vários socalcos e desníveis, levou à existência de várias escadas de acesso.

    Há possibilidades alternativas de acesso para visitantes com necessidades motoras especiais, por favor informe-se previamente na loja/bilheteira.

    Estacionamento:
    O Largo Júlio de Castilho tem um espaço de estacionamento bastante limitado. Contudo, pode estacionar junto da Igreja de São João Baptista, este é o melhor local para os autocarros estacionarem.

    Normas de visita:
    - Não é permitido fumar no interior do Museu e no Parque.
    - Não é permitido tirar fotografias com flash ou tripé, ou filmar no interior do Museu e no Parque, salvo autorização prévia.
    - Não é permitido subir aos estrados expositivos ou tocar nas peças expostas.
    - Os telemóveis têm de estar em modo de silêncio durante as visitas guiadas.
    - A circulação no percurso visitável deverá fazer-se de forma ordeira e calma respeitando a qualidade de visita dos outros visitantes.
    - As mochilas e outros volumes devem ser entregues na entrada no início da visita e recolhidas logo após a conclusão da mesma.
    - O consumo de bebidas ou comida só é possível no pátio principal e nas zonas dos prados do Parque do Museu Nacional do Traje.
    - No Parque é proibida a circulação de crianças sem o acompanhamento de adultos, devendo estes tomar especiais precauções de forma a acautelar acidentes que decorram de quedas no terreno e lagos.
    - No Parque não é permitido pisar canteiros e relvados, jogar à bola, subir às árvores e circular para além das áreas de gravilha.
    - Para qualquer ocorrência, os responsáveis do grupo deverão recorrer de imediato ao pessoal do Museu Nacional do Traje.



    Consulte os regulamentos em vigor: 
    - Despacho nº 2884/2018 - Regulamento de cedência de espaços dos serviços e dos imóveis afetos à Direção-Geral do Património Cultural, 2018.
    - Despacho nº 10946/2014 - Regulamento de utilização de imagens de museus, monumentos e outros imóveis afetos a Direção-Geral do Património Cultural, 2014.
    - Despacho nº 6474/2014 - Regulamento da bilhética praticada nos museus, monumentos e outros imóveis afetos a Direção-Geral do Património Cultural, 2014.
    - Despacho nº 5401/2017 - Regulamento da bilhética praticada nos museus, monumentos e outros imóveis afetos a Direção-Geral do Património Cultural, 2017.
    - Despacho nº 3883-A/2018 - Gratuitidade aos cidadãos residentes em território nacional, que perfaçam 18 anos em 2018. Válido até 16 de abril de 2019.



  • Recomende este sítio web